domingo, 25 de dezembro de 2011

Natal

Devia ser neve humana
A que caía no mundo
Nessa noite de amargura
Que se foi fazendo doce...
Um frio que nos pedia
Calor irmão, nem que fosse
De bichos de estrebaria.

                                 Miguel Torga, Diário IV (1948)

Sem comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...