quarta-feira, 2 de maio de 2012

Questionário SERMÃO - Texto Introdutório

1. A nota apresentada no início do sermão fornece alguns dados pertinentes sobre o contexto extralinguístico em que foi proferido e sobre o próprio texto.
1.1- Indique o local e a data em que foi proferido o sermão.
Resposta: O sermão foi proferido em 1654, na Ilha de Maranhão, Brasil. Foi proferido, mais precisamente, na catedral de S. Luís (localizada na cidade de S. Luís, daí o nome da catedral).

1.2- Recorde as informações que recolheu sobre a vida e a obra do Padre António Vieira e indique o motivo por que se encontrava nesse local nessa data.
Resposta: Após o falhanço do seu plano em apoiar os napolitanos sob o domínio espanhol e de quase ter sido morto devido a isso, o Padre António Vieira regressa a Portugal, onde é denunciado, pela primeira vez, à Inquisição. De seguida, D. João IV afasta-o do seu convívio após o acidente de D. Teodósio, e é então que o regresso do Padre ao Brasil é ordenado, em Novembro de 1652, e o rei D. João IV, seu eterno amigo, nada faz para impedir a sua partida devido ao ocorrido recentemente.

1.3-De acordo com a nota, qual era a reacção à «doutrina» que o Padre António Vieira pregava?
Resposta: A reacção à doutrina pregada pelo Padre António Vieira incidia para duas vertentes: para a vertente espiritual e cultural do Homem, cuja era entendida pela sociedade através das diversas alegorias presentes no Sermão.

1.3.1. Os ensinamentos da referida doutrina eram relevantes em duas vertentes da vida do homem. Identifique-as.
Resposta: As duas vertentes da vida do homem, nas quais os ensinamentos da doutrina eram relevantes, eram as seguintes: a vertente espiritual e a cultural.

1.4. Transcreva o adjectivo usado para qualificar o Sermão e mencione a sua subclasse.
Resposta: O adjectivo utilizado para classificar o Sermão é “alegórico” e é um adjectivo qualificativo.

 1.4.1. O adjectivo referido remete para a figura de retórica «alegoria». Apresente uma definição deste recurso estilístico e um exemplo.
Resposta: A “Alegoria” pode ser definida como uma representação que transmite um outro significado em adição ao significado literal do texto, isto é, é uma expressão que é dita com o objectivo de dar a noção de outra. Tal como acontece com a metáfora, embora sejam figuras de estilo distintas.
Por exemplo: "O polvo, com aquele seu capelo na cabeça, parece um monge; com aqueles seus raios estendidos, parece uma estrela; com aquele não ter osso nem espinha, parece a mesma brandura, a mesma mansidão."
O polvo aparece aqui como uma notável representação alegórica da hipocrisia com que se mascara o ser humano e, em particular, alguns membros da igreja.

Sofia G.

Sem comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...