sábado, 10 de novembro de 2012

Epigrama I, 38

Os versos que tu recitas
São, sim, Fidentino, meus;
Mas como os recitas mal,
Eles passam a ser teus.

                         Marcial

Sem comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...