terça-feira, 4 de dezembro de 2012

"Redação"

Uma senhora pediu-me
um poema de amor.

Não de amor por ela,
mas "de amor, de amor".

À parte aquelas
trivialidades
                    "minha rosa, lua
                    do meu céu interior"
que podia eu dizer
para ela, a não destinatária,
que não fosse por ela?

Sem o objeto, o poema
é uma redação
dos 100 Modelos
de Cartas de Amor.

                                Alexandre O'Neill, Poesias Completas

Sem comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...