quinta-feira, 30 de maio de 2013

Orações coordenadas e subordinadas

1. Delimite as orações que compõem as frases que se seguem e classifique-as.
a) Não só o Benfica perdeu a liga portuguesa, como também desperdiçou a Liga Europa.
b) Mesmo que Cardozo seja penalizado, a mancha permanecerá.
c) Caso haja greve, os exames não serão realizados.
d) A minha primeira namorada bebia demais, mas eu gostava dela.
e) Jorge Jesus perdeu tudo, portanto deve sair.

2. Classifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmações seguintes.
a) Na frase “Eu não faço cocó no meio da rua, porque acho feio.”, a oração subordinante é “Eu não faço cocó no meio da rua”.
b) Na frase “Ou desligas a televisão, ou não vais ao cinema.”, existem duas orações coordenadas disjuntivas.
c) Na frase “Enquanto a Inês discursava, o Valente revia mentalmente a sua última atuação.”, “o Valente revia mentalmente a sua última atuação” é uma oração subordinada adverbial temporal.
d) Na frase “O professor suplicou ao Rafa que se calasse.”, “que” é um pronome relativo.
e) Na frase “Como a minha avó morreu cedo, nunca fez tatuagens.”, a primeira oração é subordinada adverbial comparativa.
f) Na frase “O Silva admitiu que fez batota na sueca.”, existe uma oração subordinada adverbial completiva.
g) Na frase “Inseriu a chave na ranhura, rodou-a e deu à ignição.”, existe uma oração coordenada sindética.
h) Na frase “Nem namorei a Kim Basinger, nem conquistei a Kate Beckinsale.”, a expressão “nem… nem” é uma locução conjuntiva subordinativa copulativa.
i) Na frase “A Solange, que é muito simpática, desta vez não nos ajudou.”, existe uma oração subordinada adjetiva relativa explicativa.

2.1. Corrija as afirmações falsas.

3. Transforme as frases simples que se seguem em frases complexas, recorrendo às conjunções ou locuções conjuncionais indicadas. Proceda a todas as alterações necessárias.
a) Estudei pouco. Tive negativa. (conjunção coordenativa conclusiva)
b) Estuda muito. Obterás bons resultados. (conjunção subordinativa condicional)
c) A bomba explodiu. As pessoas ficaram em pânico. (conjunção subordinativa temporal)
d) O teste de Português era fácil. Foi realizado sem dificuldade. (conjunção subordinativa consecutiva)
e) O Rafael trabalhou muito a voz. Ele queria cantar cada vez melhor. (locução conjuntiva subordinativa final)
f) O Benfica marcou o primeiro golo. A equipa não conquistou a Taça de Portugal. (locução conjuntiva coordenativa adversativa)
g) O desafio era difícil. Consegui superá-lo. (locução conjuntiva subordinativa concessiva)

4. Faça corresponder cada uma das orações destacadas na coluna A à sua classificação na coluna B.
A

B
a) Mal a aula começou, o alarme disparou.
b) Embora os exames se aproximem, a malta anda descontraída.
c) Se Jesus continuar, deixo de ser sócio do Benfica.
d) O Marco falou e a turma calou.
e) O Silva pediu à égua que não voltasse a derrubá-lo.
e) Já que és casmurro, ponho-te de castigo.

1. Oração coordenada
2. Oração subordinante
3. Oração coordenada copulativa
4. Oração subordinada adverbial concessiva
5. Oração subordinada adverbial concessiva
6) Oração subordinada substantiva completiva
7. Oração subordinada adverbial temporal

5. Delimite e classifique as orações que compõem as frases apresentadas.
a) Assim que a Julie lhe arregalou os olhos, o Zeca amochou ligeiramente.
b) A Daniela Fidalgo dança melhor do que escreve.
c) Quem feio ama bonito lhe parece.
d) Insultaram-no tanto que foram a tribunal.
e) O André perguntou se o Saramago era um conquistador.
f) O professor de Português disse que só tomava banho uma vez por mês.

* * * * * * * * * *

Correção

1.
a)
- «Não só o Benfica perdeu a liga portuguesa» ‑ oração coordenada copulativa.
- «como também esperdiçou a Liga Europa.» ‑ oração coordenada copulativa
b)
- «Mesmo que Cardozo seja penalizado» ‑ oração subordinada adverbial concessiva
- «a mancha permanecerá» ‑ oração subordinante
c)
- «Caso haja greve» ‑ oração subordinada adverbial condicional
- «os exames não serão realizados» ‑ oração subordinante
d)
- «A minha primeira namorada bebia demais» ‑ oração coordenada
- «mas eu gostava dela» ‑ oração coordenada adversativa
e)
- «Jorge Jesus perdeu tudo» ‑ oração coordenada
- «portanto deve sair» ‑ oração coordenada conclusiva

2.
a) V
b) V
c) F
d) F
e) F
f) F
g) V
h) F
i) V

2.1.
c) Na frase “Enquanto a Inês discursava, o Valente revia mentalmente a sua última atuação.”, “o valente revia mentalmente a sua última atuação” é uma oração subordinante.
d) Na frase “O professor suplicou ao Rafa que se calasse.”, “que” é uma conjunção subordinativa completiva.
e) Na frase “Como a minha avó morreu cedo, nunca fez tatuagens.”, a primeira oração é subordinada adverbial causal.
f) Na frase “O Silva admitiu que fez batota na sueca.”, existe uma oração subordinada substantiva completiva.
h) Na frase “Nem namorei a Kim Basinger, nem conquistei a Kate Beckinsale.”, a expressão “nem… nem” é uma locução conjuntiva coordenativa copulativa.

3.
a) Estudei pouco, portanto tive negativa.
b) Se estudares muito, obterás bons resultados.
c) Quando a bomba explodiu, as pessoas ficaram em pânico.
d) O teste de Português era tão fácil que foi realizado sem dificuldade.
e) O Rafael trabalhou muito a voz para que cante cada vez melhor.
f) O Benfica marcou o primeiro golo, no entanto a equipa não conquistou a Taça de Portugal.
g) Ainda que o desafio fosse difícil, consegui superá-lo.

4.
a – 7
b – 4
c – 5
d – 1
e – 6
f ‑ 2

5.
a)
‑ Assim que a Julie arregalou os olhos – oração subordinada adverbial temporal
‑ o Zeca amochou ligeiramente – oração subordinante
b)
‑ A Daniela Fidalgo dança melhor – oração subordinante
‑ do que escreve. – oração subordinada adverbial comparativa
c)
‑ Quem feio ama – oração subordinada substantiva relativa
‑ bonito lhe parece – oração subordinante
d)
‑ Insultaram-no tanto – oração subordinante
‑ que foram a tribunal – oração subordinada adverbial consecutiva
e)
‑ O André perguntou – oração subordinante
‑ se o Saramago era um conquistador – oração subordinada substantiva completiva
f)
‑ O professor de Português disse – oração subordinante
‑ que só tomava banho uma vez por mês. – oração subordinada substantiva completiva

1 comentário :

  1. Parabéns pelo post. Muito útil para cimentar os conhecimentos sobre a coordenação e subordinação, matéria que nunca falta no exame.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...