sábado, 11 de outubro de 2014

Crato quis, mas não o deixaram, logo não saiu


     Nuno Crato sempre defendeu a implosão do MEC, porém o resultado da sua ação está a ser a implosão do quotidiano das escolas, dos professores e dos alunos.

     O chefe do bando, por sua vez, está unicamente preocupado com a permanência do dito e não com o caos que os seus ministros da Educação e da Justiça causaram nos respetivos setores, isto é, sectores.

Sem comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...