terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Título

· Título inicial: Portugal

          » alterado, a conselho do seu amigo Cunha Dias;

          » razão: o nome da pátria estava muito associado a textos publicitários, que promoviam,
                        por exemplo, marcas de sapatos e nomes de hotéis;

          » exemplo de slogan da época: "Portugalize os seus pés".


· Mensagem:

          » o título é constituído por 8 letras:
                    . 8 é o número do equilíbrio cósmico que simboliza a palavra criadora;
                    . 8 é o símbolo da ressurreição, da mudança e do anúncio de um novo tempo.


 · Mensagem:

          » mensagem = comunicação, missiva;

          » o vocábulo pressupõe a existência de um emissor e de um receptor, desde logo
             sugeridos na epígrafe da obra - "Benedictus Dominus Deus Noster qui dedit nobis
             Signum" ("Bendito Deus Nosso Senhor que nos deu o Sinal");

          » emissor da mensagem: Deus;

          » receptor: o Poeta, que, pelo seu génio, foi eleito por Deus, para dar conhecimento da
             mensagem à tribo de que será guia e profeta, transformando-se também em emissor.


· Mensagem:

          » afirmação de Anquises, personagem da Eneida, quando explica a Eneias, descido aos
             Infernos, o sistema do Universo – Mens agitat molem = a mente move a matéria;

          » Mensagem será, assim, um anagrama da afirmação: mens + ag(itat mol) + em;

          » o objectivo da obra seria mover as «moles» (a matéria) humanas através da poesia;

          » simbologia da descida aos Infernos:
                    . poder associado às ideias de decadência e subsequente renascimento, sendo
                      esse o processo cíclico apontado como condição necessária ao ressurgimento
                      da pátria num estado ideal;
                    . aceitando a morte do passado, o poder fecundador do mito trará um futuro
                      perfeito.


 · Mensagem:

          » poderá ainda estar ligado à expressão «ens gemma», isto é, ente em gema, ovo;

          » tal significaria Portugal em essência, em gema;

          » associação do título à ideia de encantamento, de magia: para os alquimistas, o ovo
             filosófico é o embrião da vida espiritual, do qual eclodirá a sabedoria;

          » no ovo, concentram-se todas as possibilidades de criar, recriar, renovar e ressurgir.
             Ele é a prova e o receptáculo de todas as transmutações e metamorfoses.


· Mensagem:

          » a palavra mensagem pode ser «recortada», permitindo construir as expressões mea
             gens ou gens mea, isto é, «minha gente» ou «gente minha», remetendo para a raça de
             heróis nomeados ao longo da obra;

          » outra hipótese remete para mensa gemmarum, isto é, o altar ou mesa onde repousam
             as gemas portuguesas – Portugal é onde se procede ao sacrifício necessário à realização
             do sagrado;

          » Portugal seria, assim, o altar onde os sacrifícios em nome do divino foram realizados.

Sem comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...