domingo, 22 de outubro de 2084

Professor

     "Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naqueles cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais." 

Rubem Alves

quinta-feira, 23 de março de 2017

Temas em vez de disciplinas


Indecentemente furtado ao Blog DeAr Lindo

quarta-feira, 22 de março de 2017

Os futuros médicos e a anatomia

     O Secretário de Estado João Costa anda em peregrinação pelo país, chamando a atenção do rebanho para o facto de «reprovar alunos ser caro».

     Alguém faça o favor de lhe explicar que a ignorância tem custos muito mais elevados.

     Parece que, na Faculdade de Medicina de Lisboa, alguém teve a INFELIZ ideia de apertar um pouco o grau de exigência dos exames da disciplina de Anatomia. Os resultados foram «catastróficos»: mais de 50% dos 357 alunos do segundo ano do curso submetidos a exame reprovaram.

     Posteriormente, estudou-se o «fenómeno do entroncamento», forram corrigidos os «desvios» e a taxa de reprovação baixou para os 4,4%. A paz regressou ao meio académico e os alunos, supostamente dos mais inteligentes e mais graduados do país, podem assim prosseguir o seu caminho rumo ao futuro.

     Pobres de todos aqueles (NÓS) que lhes cairmos no regaço.

Fonte: Expresso

A Educação em permanente mudança

     Nos últimos 10 anos, houve 40 (QUARENTA!) mudanças na Educação no que diz respeito aos curricula. A notícia carece de qualquer comentário.


     A notícia está no i.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

(Re)Definição do Perfil de Competências dos Alunos

Fonte: Público

     O Ministério da Educação vai dar início a uma (nova) revolução no sistema de ensino português, desta vez no que diz respeito ao perfil de competências dos alunos à saída da escolaridade obrigatória.

     O dito perfil assenta em 10 pontos:
  • Linguagens e textos;
  • Informação e comunicação;
  • Capacidade de comunicação;
  • Raciocínio e resolução de problemas;
  • Pensamento crítico e pensamento criativo;
  • Desenvolvimento pessoal e autonomia;
  • Bem-estar e saúde;
  • Sensibilidade estética e artística;
  • Saber técnico e tecnologias;
  • Consciência e domínio do corpo.
     A notícia pode ser consultada aqui: Público.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Distinção entre oração coordenada explicativa e subordinada adverbial causal (I)

     Esta é uma matéria controversa e, frequentemente, de difícil explicitação.

     Aqui fica um extenso trabalho, da autoria do professor Luiz Carlos Travaglia e já com alguns aninhos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...