sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Manuel António Pina - 1943 - 2012

A um Homem do PassadoEstes são os tempos futuros que temia 
o teu coração que mirrou sob pedras, 
que podes recear agora tão fundo, 
onde não chegam as aflições nem as palavras duras? 

Desceste em andamento; afinal era 
tudo tão inevitável como o resto. 
Viraste-te para o outro lado e sumiram-se 
da tua vista os bons e os maus momentos. 

Tu ainda tinhas essa porta à mão. 
(Aposto que a passaste com uma vénia desdenhosa.) 
Agora já não é possível morrer ou, 
pelo menos, já não chega fechar os olhos. 

                                                     Manuel António Pina, in Nenhum Sítio

Funções sintáticas I (G 2012 - 1 - Correção)

1.
a) Sujeito composto (O Rui e a Joana).
b) Sujeito simples (A Tatiana).
c) Sujeito nulo indeterminado.
d) Sujeito simples (O Marco).
e) Sujeito nulo expletivo.
f) Sujeito simples (A Matilde).
g) Sujeito nulo subentendido.
h) Sujeito composto (O Rafael e o microfone).
i) Sujeito nulo indeterminado.
j) Sujeito nulo indeterminado.

2.
a) «teve um lindo bebé»
b) «discutiram acerca do TPC»
c) «prefere com açorda»
d) «chegue aqui rapidamente»

3.
a) Complemento direto.
b) Complemento indireto.
c) Modificador frásico.
d) Complemento oblíquo.
e) Complemento oblíquo.
f) Complemento direto.
g) Modificador.
h) Complemento direto; complemento indireto.

4.
a) «Antunes»: vocativo.
b) «Mãe»: vocativo; «a avó»: sujeito.
c) «O Herman José»: sujeito.
d) «A televisão»: sujeito; «Roberto»: vocativo.
e) «Cristiano» e «meu filho»: vocativos; «A Irina»: sujeito.

5.
a) «Infelizmente, o Apolinário faleceu:»
b) «Felizmente, a febre já desceu.»
c) «Excecionalmente, ninguém adoeceu.»

6.
A   B
1 ‑ D
2 ‑ A
3 ‑ C
4 ‑ E
5 ‑ B
6 ‑ D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...