12.º Ano

Programa 12.º ano

*

ORALIDADE

     Compreensão oral

          - Diálogo argumentativo
          - Debate
          - Anúncio publicitário
          - Documentário
               . O Livro do Desassossego

     Expressão oral
          - Texto de opinião
          - Diálogo argumentativo
          - Debate
*
LEITURA
          - Diário
          - Memórias
          - Apreciação crítica
          - Artigo de opinião
*
ESCRITA
          - Exposição sobre um tema
          - Apreciação crítica
          - Texto de opinião
*
EDUCAÇÃO LITERÁRIA

     1 - Fernando Pessoa:

          - Contextualização histórico-literária
               . Modernismo:
                    - Textos sobre Orpheu;
                    - Definição;
                    - Delimitação;
                    - Génese;
                    - Contexto.
               . Revista Orpheu: n.º 1 | n.º 2.
          - A questão da heteronímia

     1.1. - Poesia do ortónimo (6 poemas):
               - Cronologia
               - Autobiografia
               - Circunstâncias de vida
               - Temas:
                    - O fingimento artístico.
                         . Poemas analisados:
                              - "Autopsicografia"
                                   . Questionário
                                   . Correção do questionário
                              - "Isto" (leitura I)
                              - "Isto" (leitura II)
                                   . Questionário
                                   . Correção do questionário
                    - A dor de pensar:
                              - "Gato que brincas na rua"
                              - "Ela canta, pobre ceifeira"
                              - "Ó sino da minha aldeia"
                                   . Questionário
                                   . Correção do questionário
                              - 
                    - Sonho e realidade:
                             - "Tudo o que faço ou medito"
                                   . Questionário
                                   . Correção do questionário
                                   - "Não seu se é sonho, se realidade"
                    - A nostalgia da infância:
                              - "Não sei, ama, onde era"
                              - "O menino de sua mãe"
                    - Outros poemas:
                              - "Não sei quantas almas tenho"
                                   . Questionário
                                   . Correção do questionário
                    - Linguagem, estilo e estrutura.

     1.2. Bernardo Soares - Livro do Desassossego:
               - O imaginário urbano.
               - O quotidiano.
               - Deambulação e sonho: o observador acidental.
               - Perceção e transfiguração poética do real.
               - Linguagem, estilo e estrutura: a natureza fragmentária da obra.
               - Análise de textos (3 fragmentos):
                    . “Eu nunca fiz senão sonhar.[…]”;
                    . “Amo, pelas tardes demoradas de Verão, o sossego da cidade
                      baixa, e sobretudo aquele sossego que o contraste acentua na
                      parte que o dia mergulha em mais bulício. […]”;
                    . “Quando outra virtude não haja em mim, há pelo menos a da
                       perpétua novidade da sensação liberta. […]”;
                    . “Releio passivamente, recebendo o que sinto como uma
                      inspiração e um livramento, aquelas frases simples de Caeiro,
                      na referência natural do que resulta do pequeno tamanho da
                      sua aldeia. […]”;
                    . “O único viajante com verdadeira alma que conheci era um
                      garoto de escritório que havia numa outra casa, onde em tempos
                      fui empregado. […]”;
                    . “Tudo é absurdo. […]”.
               - Discurso e gramática no Livro do Desassossego.
               - Breve história da edição do Livro do Desassossego.
               - Documentário sobre a obra.

     1.3. A poesia dos heterónimos

          1.3.1. Alberto Caeiro:
               - O fingimento artístico: Alberto Caeiro, o poeta "bucólico".
               - Reflexão existencial: o primado das sensações.
               - Análise de textos (2):

          1.3.2. Ricardo Reis:
               - O fingimento artístico: Ricardo Reis, o poeta "clássico".
               - Reflexão existencial: a consciência e a encenação da mortalidade.
               - Análise de textos (3):

          1.3.3. Álvaro de Campos:
               - O fingimento artístico: Álvaro de Campos, o poeta da modernidade.
               - Reflexão existencial:
                    » sujeito, consciência e tempo;
                    » nostalgia da infância.
               - O imaginário épico:
                    » matéria épica: a exaltação do Moderno;
                    » o arrebatamento do canto.
               - Análise de textos (3):

               - Linguagem, estilo e estrutura:
                    » formas poéticas e formas estróficas, métrica e rima;
                    » recursos expressivos;
                    » a onomatopeia.

     1.4. Mensagem:
          - O Sebastianismo.
          - O imaginário épico:
               . natureza épico-lírica da obra;
               . estrutura da obra;
               . dimensão simbólica do herói;
               . exaltação patriótica.
          - Linguagem, estilo e estrutura:
               . estrutura estrófica, métrica e rima;
               . recursos expressivos.
          - Análise de textos (8):

     2. Contos (2 dos 3 apresentados)

          - "Sempre é uma companhia" (Manuel da Fonseca):
               . Solidão e convivialidade.
               . Caracterização das personagens e relação entre elas.
               . Caracterização do espaço: físico, psicológico e sociopolítico.
               . Importância das peripécias inicial e final.

          - "George" (Maria Judite de Carvalho):
               . As três idades da vida.
               . O diálogo entre realidade, memória e imaginação.
               . Metamorfoses da figura feminina.
               . A complexidade da natureza humana.

          - "Famílias desavindas" (Mário de Carvalho):
               . História pessoal e história social: as duas famílias.
               . Valor simbólico dos marcos históricos referidos.
               . A dimensão irónica do conto.
               . A importância dos episódios e da peripécia final.

          - Linguagem, estilo e estrutura:
               . o conto:
                    - unidade de ação;
                    - brevidade narrativa;
                    - concentração do tempo e espaço;
                    - número limitado de personagens;
               . a estrutura da obra;
               . discurso direto e indireto;
               . recursos expressivos.

     3. Poetas contemporâneos
          - Representação do contemporâneo.
          - Tradição literária.
          - Figurações do poeta.
          - Arte poética.
          - Linguagem, estilo e estrutura.

     4. José Saramago
          - Obra.
          - Cronobiografia.
          - Fases da produção literária.

          - O Ano da Morte de Ricardo Reis
               . Contextualização.
               . Representações do século XX...
               . Ficha de leitura:
                    - Capítulos I a III: ficha | correção.
                    - Capítulos IV a VII: ficha | correção.
                    - Capítulos VIII a XIII: ficha | correção.
                    - Capítulos XIV a XIX: ficha | correção.
               . Título
               . A ironia na construção das personagens.
               . Retrato de Marcenda
               . Retrato de Lídia
               . Materiais:
                    - Contextualização (PP).
             
          - Memorial do Convento
               .

 
*
GRAMÁTICA

     1. O português: génese, variação e mudança

          1.1. Principais etapas da formação e da evolução do português:
                    a) do latim ao galego português:
                         - o latim vulgar e a romanização;
                         - substratos e superstratos;
                         - as principais línguas românicas.
                    b) do português antigo ao português contemporâneo:
                         - o português antigo (séculos XII-XV);
                         - o português clássico (séculos XVI-XVIII);
                         - o português contemporâneo (a partir do século XIX).

          1.2. Fonética e fonologia
                    a) processos fonológicos de inserção: prótese, epêntese e
                        paragoge;
                    b) processos fonológicos de supressão: aférese, síncope e
                        apócope;
                    c) processos fonológicos de alteração: sonorização, palatalização,
                        redução vocálica; contração (crase e sinérese), vocalização,
                        metátese, assimilação e dissimilação.

          1.3. Etimologia
                    a) étimo;
                    b) palavras divergentes e palavras convergentes.

          1.4. Geografia do português no mundo:
                    a) português europeu e português não europeu;
                    b) principais crioulos de base portuguesa.

     2. Sintaxe

          2.1. Funções sintáticas:
                    a) sujeito;
                    b) predicado;
                    c) vocativo;
                    d) complemento direto;
                    e) complemento indireto;
                    f) complemento oblíquo;
                    g) predicativo do sujeito;
                    h) complemento agente da passiva;
                    i) modificador;
                    j) modificador do nome (restritivo e apositivo);
                    k) predicativo do complemento direto;
                    l) complemento do nome;
                    m) complemento do adjetivo.

          2.2. A frase complexa

                    a) retoma e consolidação de conteúdos estudados no Ensino Básico:
                         - orações coordenadas copulativas, adversativas, disjuntivas,
                            conclusivas e explicativas;
                         - orações subordinadas substantivas:
                              - relativas;
                              - completivas;
                         - orações subordinadas adjetivas:
                              - restritivas;
                              - explicativas;
                         -orações subordinadas adverbiais:
                              - causais
                              - temporais
                              - finais
                              - condicionais
                              - consecutivas
                              - concessivas
                              - comparativas
                    b) divisão e classificação de orações.

     3. Lexicologia

          3.1. Arcaísmos e neologismos.

          3.2. Campo lexical e campo semântico.

          3.3. Processos irregulares de formação de palavras:
                    - extensão semântica
                    - empréstimo
                    - amálgama
                    - sigla
                    - acrónimo
                    - truncação

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...