quarta-feira, 6 de março de 2019

'Frei Luís de Sousa', a peça dos dois reis

«A peça de Almeida Garrett, conhecida por Frei Luís de Sousa, é uma peça que contém 3 atos, e os atos estão divididos em cenas. Esta peça trata-se da morte de dois reis, um deles é casado, dá-se a morte dos reis, D. Madalena que era casada com um dos reis mais tarde volta a casar-se com Manuel de Sousa Coutinho, e têm uma filha chamada Maria.»
     E é isto...

Educação bulímica


Mito: na escola, memoriza-se, vomita-se e esquece-se.

Realidade: para desenvolver operações cognitivas de complexidade superior, é imprescindível a memorização de dados, factos e informações que permitam ao aluno confrontar e compreender novos conteúdos e resolver problemas criativamente.

     Roubado daqui: [javier].

Bicho de sete cabeças


     Um bicho de sete cabeças é uma coisa difícil ou complicada que pode não ter uma resolução simples.

     A expressão provém da mitologia grega, concretamente da lenda da Hidra de Lerna, um monstro de sete cabeças que, ao serem cortadas, renasciam. A morte da Hidra constituiu um dos doze trabalhos de Hércules.
     O seu significado evoluiu, porém, e hoje representa a atitude exagerada de alguém que, diante de uma dificuldade, coloca limites à realização da tarefa, mesmo até por falta de disposição para a enfrentar.

Asploração... faz-me passar


Tapar o sol com uma peneira

                                
     Esta expressão remete para a tentativa de ocultar algo com medidas temporárias, parcialmente eficientes ou ineficientes.

     A peneira é um objeto circular de madeira com o fundo em rede de metal, seda ou crina, por onde passa a farinha ou outra substância moída. Ora, qualquer tentativa de tapar o sol com uma peneira é um ato vão, uma vez que o objeto deixa passar a luz solar.

     É possível que a expressão tenha nascido dessa constatação. Atualmente, significa um esforço inglório e inútil para ocultar uma asneira ou negar uma evidência, pois, regressando à expressão, não é possível impedir o sol de passar pelos orifícios da peneira.

Meter uma lança em África

     Esta expressão idiomática usa-se quando se pratica uma proeza, realiza algo que se afigurava difícil ou se leva a cabo uma empresa difícil.

     A origem da locução leva-nos até a uma das maiores figuras históricas portuguesas, concretamente Nuno Álvares Pereira. Numa ocasião em que estava recolhido no Convento das Carmelitas, já em idade avançada, após 1423, quando lhe chegou a notícia do rompimento da paz entre Portugal e Castela.
     Em resultado, alguém lhe terá lamentado a sua velhice e o facto de, por essa razão, não poder voltar a pegar em armas de novo. O Condestável terá, então, respondido que, se a pátria precisasse dele, ainda meteria a lança não só em Castela, mas também em África.
     A partir daí, a expressão terá sido vulgarizada pelos exploradores lusitanos por causa das extremas dificuldades que enfrentaram quando chegaram a África, nomeadamente a oposição feroz dos nativos locais, cuja resistência causou muitas vítimas entre os exploradores. Frequentemente, foram forçados a recuar face às dificuldades e à iminência de serem dizimados pelo inimigo que mal conheciam e, pior que tudo, pelo terreno que mal conheciam.

A denúncia de roubo mais original da Via Láctea


Calcanhar de Aquiles

     Esta expressão significa ponto fraco ou vulnerável, físico, moral ou intelectual, de alguém.
     A sua origem leva-nos até à mitologia grega e a um dos seus maiores heróis, Aquiles, um semideus (filho da ninfa Tétis e do mortal Peleu) que se destacou na Guerra de Troia e constitui a personagem principal da Ilíada, uma das epopeias atribuídas a Homero.
     Quando Aquiles nasceu, a sua mãe mergulhou o seu corpo no rio Estige para o tornar imortal, tendo-o segurado pelo calcanhar, que ficou fora de água e, assim, vulnerável.
     No final da guerra contra os troianos, Aquiles morreu ao ser atingido nesse calcanhar por uma seta envenenada disparada por Páris, irmão de Heitor e "raptor" da rainha grega Helena, ato que esteve na génese do confronto bélico entre os dois povos, e guiada por Apolo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...