domingo, 5 de outubro de 2014

'Vozes dos animais'

Palram pega e papagaio
E cacareja a galinha
Os ternos pombos arrulham
Geme a rola inocentinha

Muge a vaca, berra o touro
Grasna a rã, ruge o leão,
O gato mia, uiva o lobo
Também uiva e ladra o cão.

Relincha o nobre cavalo,
Os elefantes dão urros,
A tímida ovellha bala,
Zurrar é próprio dos burros.

Regouga a sagaz raposa,
Brutinho muito matreiro;
Nos ramos cantam as aves,
Mas pia o mocho agoureiro.

Sabem as aves ligeiras
O canto seu variar:
Fazem gorjeios às vezes,
Às vezes põem-se a chilrar.

O pardal, daninho aos campos,
Não aprendeu a cantar;
Como os ratos e as doninhas
Apenas sabe chiar.

O negro corvo crocita,
Zune o mosquito enfadonho,
A serpente no deserto
Solta assobio medonho.

Chia a lebre, grasna o pato,
Ouvem-se os porcos grunhir,
Libando o suco das flores,
Costuma a abelha zumbir.

Bramam os tigres, as onças,
Pia, pia o pintainho,
Cucurica e canta o galo,
Late e gane o cachorrinho.

A vitelinha dá berros
O cordeirinho balidos,
O macaquinho dá guinchos,
A criancinha vagidos.

A fala foi dada ao homem,
Rei dos outros animais:
Nos versos lidos acima
Se encontra em pobre rima

As vozes dos principais.

                                         Pedro Dinis

Onomatopeias: vozes de animais

abelha - azoinar, zoar, zonzonear, zumbar, zumbir, zunir, zunzunar
abutre, açor - crocitar, grasnar
águia - crocitar, grasnar, gritar, guinchar
andorinha - chilrar, chilrear, gazear, gorjear, grinfar, piar, pipilar, trinfar, trissar, zinzilular
anho - balar, balir
arara - chalrar, grasnar, gritar, palrar, taramelar
arganaz - chiar
asno - vd. burro
avestruz - grasnar, roncar, rugir
baleia - bufar
beija-flor - arrulhar, ruflar, trissar
besouro - zoar, zumbir, zunir
bezerro - berrar, mugir
bisonte - berrar, bramar, mugir
bode - balar, balir, berrar, bodejar, gaguejar
boi - arruar, berrar, mugir, urrar
búfalo - berrar, bramar, mugir
burro - zurrar, azurrar, ornear, ornejar, rebusnar, relinchar, zornar
cabra, cabrito - balar, balir, berregar, barregar, berrar, bezoar
calhandra - grinfar
camelo - blaterar
canário - cantar, dobrar, modular, trilar, trinar
cão - acuar, balsar, cainhar, cuincar, ganir, ganizar, ladrar, latir, maticar, rosnar, uivar, ulular
carneiro - balar, balir, berrar, berregar
cavalo - nitrir, relinchar, rinchar
cegonha - gloterar, grasnar
chacal - gritar, ladrar, latir, uivar
cigarra - cantar, chiar, chichiar, ciciar, cigarrear, estridular, estrilar, fretenir, rechiar, rechinar, retinir, zangarrear, zinir, ziziar, zunir
cisne - arensar
cobra - assobiar, chocalhar, guizalhar, sibilar, silvar
codorniz - cantar
coelho - chiar, guinchar
cordeiro - berregar, balar, balir
coruja - chirrear, crocitar, piar, rir
corvo - corvejar, crocitar, grasnar
cotovia - cantar, gorjear
crocodilo - bramir, chorar, soprar
cuco - cucular, cucar
doninha - chiar, guinchar
égua - vd. cavalo
elefante - barrir, bramir
estorninho - pissitar
falcão - crocitar, piar, pipiar
gafanhoto - chichiar, ziziar
gaio - gralhar, grasnar
gaivota - grasnar, pipilar
galinha - cacarejar, carcarejar, carcarear
galo - cantar, clarinar, cocoriar, cocoricar, cucuricar, cucuritar
gamo - bramir
ganso - grasnar, gritar
garça - gazear
gato - miar, resbunar, resmonear, ronronar, roncar
gavião - guinchar
gralha - gralhar, gralhear, grasnar
grilo - estridular, estrilar, guizalhar, trilar, tritrilar, tritrinar
grou - grasnar, grugrulhar, gruir, grulhar
hiena - gargalhar, gargalhear, gargalhadear
hipopótamo - grunhir
jaguar - vd. onça
javali - arruar, cuinchar, cuinhar, grunhir, roncar, rosnar
jumento - azurrar, ornear, ornejar, rebusnar, zornar, zurrar
lagarto - gecar
leão - bramar, bramir, fremir, rugir, urrar
lebre - berrar, chiar
leitão - bacorejar, cuinchar, cuinhar
leopardo - bramar, bramir, fremir, rugir, urrar
lobo - ladrar, uivar, ulular
lontra - chiar, guinchar
macaco - assobiar, guinchar, cuinchar
melro - assobiar, cantar
milhafre - crocitar
mocho - chirrear, corujar, crocitar, piar, rir
morcego - farfalhar, trissar
mosca - zinir, zoar, zumbir, zunir, zumbar, ziziar, zonzonear, sussurrar, azoinar
mosquito - zumbir
onça - esturrar, miar, rugir, urrar
ovelha - balar, balir, berrar, berregar
pantera - miar, rosnar, rugir
papagaio - charlar, charlear, falar, grazinar, palrar, palrear, taramelar, tartarear
pardal - chiar, chilrear, piar, pipilar
pato - grasnar, grasnir, grassitar
pavão - pupilar
pega - palrar
peixe - roncar
pelicano - grasnar, grassitar
perdigão, perdiz - cacarejar, piar, pipiar
periquito - chalrar, chalrear, palrar
peru - gorgolejar, grugrulejar, grugrulhar, grulhar
pica-pau - estridular, restridular
pintarroxo - cantar, gorjear, trinar
pintassilgo - cantar, dobrar, modular, trilar
pinto - piar, pipiar, pipilar
pombo - arrulhar, gemer, rulhar, suspirar, turturilhar, turturinar
porco - grunhir, guinchar, roncar
poupa - arrulhar, gemer, rulhar, turturinar
rã - coaxar, engrolar, gasnir, grasnar, grasnir, malhar, rouquejar
raposa - regougar, roncar, uivar
rato - chiar, guinchar
rinoceronte - bramir, grunhir
rola - gemer
rouxinol - cantar, gorjear, trilar, trinar
sapo - coaxar, gargarejar, grasnar, grasnir, roncar, rouquejar
serpente - vd. cobra
tigre - bramar, bramir, miar, rugir, urrar
tordo - trucilar
toupeira - chiar
touro - berrar, bufar, mugir, urrar
tucano - chalrar
urso - bramar, bramir, rugir
vaca - berrar, mugir
veado - berrar, bramar, rebramar
vitela - berrar, mugir
vespa - vd. abelha
zebra - relinchar, zurrar

'Média' ou 'mídia'?

     «Com o furioso domínio da língua inglesa que se vem sentindo, já não há latinidade que resista! Há muita gente por aí a dizer mídia e multimídia! E não se lembra ou não sabe, essa gente, que a palavra é um latinismo. Como curricula, por exemplo. E que, para a Inglaterra ou para a América, ou para qualquer outro país, foi o latim que a forneceu e que, nessa língua ou nas suas derivadas novilatinas, se deve pronunciar média. Deixemos os Ingleses e os Americanos pronunciar o latim como eles quiserem... Quem poderá obstar?...
     Mas o desaforo (ou snobismo?) vai mais longe... Um locutor da rádio, referindo-se aos media, a certa altura dizia assim: "Utilizar um media para...". E aí está outra incorreção: media é plural. "Os media" é correto; "o media" não. Se quero usar o latinismo no singular, terei de dizer: o medium. O mesmo se diga de curricula: os curricula, o curriculum.
     Não é obrigatório usar o latinismo quando no vernáculo há palavras apropriadas. Mas, usando-o, use-se corretamente...: os media, o medium; os curricula, o curriculum.
     Posto isto, continuar, em Portugal, a dizer mídia por média, só pode ser ignorância ou snobismo.»

(c) Tento na Língua, António Marques
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...