segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Texto expositivo-argumentativo (I) - Plano da JR

. Título: O sensacionismo.


. Introdução:
  • Definição de sensacionismo;
  • Breve descrição da poesia de Alberto Caeiro;

. Desenvolvimento:
  • Sem a utilização das sensações na poesia de Caeiro, tornar-se-ia menos interessante;
  • Como Caeiro era um homem muito simples, do campo, nem seria correcto que não utilizasse as sensações como principal foco da sua poesia pois as pessoas do campo, normalmente, dão mais importância às sensações do que aos bens materiais:
  • Aceita o futuro tal como ele é, não é como Álvaro de Campos que está sempre muito "preso" ao passado, à infância.

Conclusão:
  • Todos nós devemos seguir o exemplo de Caeiro, ser felizes com o que a natureza nos proporciona, e não ambicionarmos sê-lo com algo que sabemos que é impossível de alcançar.
  • Temos de seguir a nossa vida independentemente do passado que vivemos, o importante é o presente e o futuro que nos espera, o passado jamais o poderemos voltar a viver.

Sem comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...