domingo, 12 de dezembro de 2010

Funções sintácticas: COMPLEMENTO OBLÍQUO

          O complemento oblíquo é seleccionado pelo verbo e pode assumir a forma de um grupo adverbial, de um grupo preposicional ou a coordenação de ambos.
                    . O Pérciles foi a Atenas.
                    . Os acusados de corrupção vão para a prisão.
                    . A Vera portou-se mal.
                    . Eu gosto de chocolates.
                    . Tu moras aqui ou em Mangualde?
          Dito de outra forma:
                    » quem vai, vai a algum lugar;
                    » quem se porta, porta-se de um determinado modo;
                    » quem gosta, gosta de alguma coisa;
                    » quem mora, mora nalgum local.

          O complemento oblíquo não pode ser substituído pelas formas pronominais «lhe», «lhes»:
                    . * O Pérciles foi-lhe.
                    . * Os acusados de corrupção vão-lhe.
          A possibilidade de substituição pelo pronome pessoal dativo é a forma mais prática de distinguir o complemento oblíquo do complemento indirecto.

18 comentários :

Anónimo disse...

bem podre

Anónimo disse...

O que é que é pobre?
a) O «post»?
b) O autor do comentário?

Estás mal, suíno? Muda-te, pá!

Anónimo disse...

Alguns dos verbos que selecionam um complemento oblìquo:
-acabar
-beneficiar
-brindar
-candidatar-se
-colocar
concordar
-discordar
-enamorar-se
-encarregar-se
-engraçar
-falar
-gostar
-guardar
-interessar-se
-ir
-ocupar-se
-olhar
-opor-se
-pactuar
-participar
-pensar
-persistir
-pousar
-precisar
-preparar-se
-renunciar
-reunir
-troçar
-vir
-viver
...

Anónimo disse...

obg, es um amor eu precisava mesmo disso :D

** Pretty Girls ** disse...

buéé fixe o teste vai me correr bem

Anónimo disse...

odeio

Carol disse...

não percebi nada

Anónimo disse...

-____- para quem se esforça minimamente, percebe que esta publicaçao explica bem aquilo que queriam (supostamente o complemento obliquo. se querem que façam o teste por voces porque nao percebem nada, voces nao ficam nada mal a arrumar carros ou lavar loiça numa tasca, visto que se tao na escola, querem ser alguma coisa da vida, a meu ver)
Está bem feita a explicaçao do assunto, gostei :D obrigado

Anónimo disse...

"viver" faz sentido sem precisar de "informaçao de um complemento". "Ele vive" faz sentido por si só. se quiseres por palha tipo "eles vivem bem", é um modificador pois nao faz falta ao sentido da frase
Try again

Anónimo disse...

Hipotese B :D

Marina Pereira disse...

Não percebeste... "viver" pede complemento oblíquo quando tem, por exemplo, o sentido de "morar":
- Ele vive = mora em Lisboa.
Isso é diferente de dizer "ele vive" com o sentido de "ele está vivo".

P.s. há gajos mesmo daaaaaa...

Anónimo disse...

Este site é optimo....
Vou contar a todos os meus colegas que este site é do melhor que há...

Anónimo disse...

esta bem explicado!!!!!!
Obrigada!!!!!!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Então o Complemento Oblíquo responde a que perguntas? Não percebi!! Sorry!!

Luís Costa disse...

Óla Venancio!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Ajudou bastante! Muito obrigada!

Sofia Guerreiro disse...

Eu só persebi que não podemos substituir o verbo por lhe ou lhes mas não persebi mais nada. '-'

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...