quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Texto expositivo-argumentativo (I)

          Tal como em Álvaro de Campos, também em Alberto Caeiro as sensações são um elemento relevante.

          Fazendo apelo à sua experiência de leitura, exponha, num texto de sessenta a cento e vinte palavras, a sua opinião sobre a importância das sensações na poesia de Caeiro.

1 comentário :

Anónimo disse...

Título: O Mundo de Caeiro

Introdução
• Caeiro é o poeta da objectividade das sensações – compreende a realidade de forma instintiva e objectiva;
• Privilegia as sensações em detrimento do pensamento, sobretudo o pensamento metafísico.

Desenvolvimento
• Características da poesia de Caeiro:
o Poesia do olhar – as coisas são como são;
o Poesia das sensações – a sensação é a única forma de conhecer o Mundo;
o Oposição entre sensação e pensamento – percebe o Mundo através dos sentidos;
o Poesia da Natureza – opta pela vida no campo, defendendo a necessidade de estar de acordo com a Natureza e fazer parte dela;
o Poeta pagão – vê o Mundo através dos sentidos, aceitando-o tal como ele é;
o Procura a áurea mediania – comunhão com a Natureza, sem ambições nem desejos;
o Atitude panteísta – sublimação do real.

Conclusão
• Aceita como certezas as verdades que as sensações lhe permitem verificar;
• Caeiro é um poeta do real objectivo - só lhe interessa aquilo que capta pelos sentidos;
• As sensações ocupam um lugar de destaque em toda a sua poesia.

A.R.T.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...