segunda-feira, 14 de maio de 2012

Questionário SERMÃO - Texto Introdutório


1.1-           Este Sermão foi pregado na Cidade de S. Luís do Maranhão, durante 3 dias antes de partir para Lisboa, ou seja, 16 de Junho ano de 1654.

1.2-           O motivo por que se encontrava ali nessa data, era porque estava de partida para Portugal pois queria por fim ao descalabro moral e social que havia no Brasil, a escravidão, como as autoridades do Brasil não o queriam ouvir iria a Portugal convencer o rei a ditar um decreto que abolisse a escravatura. Mas antes de partir pregou esse Sermão, já que ninguém o queria ouvir Padre António Vieira decidiu pregar para os peixes, esse Sermão representava o estado das coisas na colónia.

1.3-           De acordo com nota, a «doutrina» que o Padre António Vieira pregava era perseguida, sabemos nós que era pela Inquisição.

1.3.1- Os ensinamentos da referida doutrina eram relevantes ao bem espiritual e temporal da terra onde ele pregava.

      1.4-«alegórico»é um adjectivo qualificativo.

1.4.1- A «alegoria» é um recurso retórico-estilístico em que se fazem corresponder, de modo minucioso e sistemático, um nível de significados literais e um nível de significados figurados. A alegoria pode ser considerada como uma metáfora ou como uma comparação prolongadas, devendo o seu intérprete descobrir sob os significados literais e patentes, que em si mesmos têm coerência, outros significados, significados de outra ordem.

Exemplo: "O polvo, com aquele seu capelo na cabeça, parece um monge; com aqueles seus raios estendidos, parece uma estrela; com aquele não ter osso nem espinha, parece a mesma brandura, a mesma mansidão."

 O polvo aparece aqui como uma notável representação alegórica da hipocrisia com que se mascara o ser humano e, em particular, alguns membros da igreja.

 A alegoria pode ser global, isto é, um texto literário pode conter alegorias, mas a alegoria é particularmente utilizada em géneros e subgéneros literários como a sátira, a fábula, a parábola, o sermão e o apólogo (esta lista de géneros e subgéneros demonstra bem o pendor didáctico da alegoria).
Daniela E.

Sem comentários :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...