sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Colocação do adjetivo na frase

                Por norma, o adjetivo qualificativo ocorre à direita do nome:
. O autocarro amarelo despistou-se naquela curva perigosa.

                Na verdade, boa parte dos adjetivos qualificativos podem ocorrer tanto à direita como à esquerda do nome, conservando, genericamente, o mesmo significado. No entanto, alguns adjetivos qualificativos (os que possuem valor avaliativo: «pobre», «rico», «bom», «mau», «grande», etc.) alteram o seu significado consoante ocorrem à esquerda ou à direita do nome.
                De facto, esses adjetivos, quando surgem após o nome, possuem valor restritivo, isto é, exigem uma interpretação literal, conotativa:
. O Ernesto é um homem pobre. (neste caso, o adjetivo significa «homem de fracos recursos económicos)
                Porém, quando colocados à esquerda do nome, implicam uma interpretação subjetiva, conotativa e não possuem valor restritivo:
. O Eusébio era um pobre homem. (nesta frase, o adjetivo significa «homem infeliz, débil mental, marginal…)

                Outros adjetivos são colocados, obrigatoriamente, à direita do nome:

. Os adjetivos qualificativos que traduzem características restritivas / específicas (os relacionados com a cor, a forma, o estado, a dimensão das coisas, a técnica, os de tipo classificativo):
» Rasguei a minha camisola verde. / » * Rasguei a minha verde camisola.
» Os animais mamíferos são simpáticos. / * Os mamíferos animais são simpáticos.

. Os adjetivos relacionais:
» A mulher brasileira tem um sotaque interessante.
» A crise económica está a deixar-nos na penúria.
» Aos transportes aéreos portugueses são dos mais fiáveis do mundo.

Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...