quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Subclasses do adjetivo

                Os adjetivos distribuem-se por três subclasses.

3.1. Adjetivo qualificativo: atribui uma propriedade ou qualidade ao nome (cor, cheiro, dimensão, peso, etc.) a que se reporta:
. A Ernestina é gorda.
. A tua camisola é verde.
. O teu carro é pequeno.
. O Luís é feio como uma porta.

. Relativamente à posição, o adjetivo surge, habitualmente, em posição pós-nominal, isto é, à direita do nome:
- A Sofia é uma mulher grande.

. Porém, há adjetivos que podem surgir em posição pré-nominal, ou seja, à esquerda do nome:
- A Sofia é uma grande mulher.

. A posição pré ou pós-nominal do adjetivo corresponde, frequentemente, a valores / interpretações / significados diferentes:
- A Sofia é uma mulher grande. (= A Sofia é uma mulher de estatura elevada.)
- A Sofia é uma grande mulher. (= A Sofia é uma mulher admirável, excecional).

. Existem adjetivos que apenas podem ocorrer em posição pós-nominal:
- Os carros amarelos são feios.
- A pele morena é característica dos indianos.

3.2. Adjetivo numeral:
. indica a sucessão ou a ordem que o nome tem numa série;
. corresponde aos designados numerais ordinais;
. ocorre, geralmente, em posição pré-nominal, antecedido de um determinante artigo(1), demonstrativo(2), possessivo(3) ou de um quantificador(4):
(1) O primeiro aluno a chegar à meta foi o Aristófanes.
(2) Aquele terceiro tiro foi fatal.
(3) O meu último ano de faculdade foi extraordinário.
(4) As três primeiras obras de Saramago ainda são desconhecidas do leitor comum.
. não flexiona (varia) em grau:
. exemplos:
- primeiro
- segundo
- terceiro
- último
- centésimo
- ducentésimo
- tricentésimo
- quadringentésimo
- quingentésimo
- sexcentésimo
- septingentésimo
- octingentésimo

3.3. Adjetivo relacional:
. estabelece com o nome uma relação diferenciada (de posse, de origem, etc.);
. pode ser parafraseado pela expressão “relacionado com”;
. ocorre em posição pós-nominal:
- As eleições portuguesas são um embuste.
. não varia em grau:
- * As eleições muito portuguesas são um embuste.
. não tem antónimos:
- Passos Coelho é um político português.
- Eduardo dos Santos é o presidente angolano. (Os adjetivos “português” e “angolano” não são antónimos.)
. deriva, em geral, de nomes:
- português < Portugal
- bacteriano < bactéria


Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...