quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Correcção do teste (3.º)

GRUPO I

TEXTO A

1. Na primeira estrofe, surge o conselho dado a um «Tu» de seguir o seu destino e de se preocupar com o momento presente e com aquilo que lhe diz directamente respeito ("as tuas plantas", "as tuas rosas"), pondo de parte o que lhe é alheio.

2. A realidade nem sempre corresponde àquilo que desejamos: é sempre mais ou menos do que aquilo que queríamos alcançar, visto que ela está dependendente dos ditames do destino ("A realidade / Sempre é mais ou menos / Do que nós queremos" - vv. 6 a 8). Os seres humanos, iguais a si próprios, serão sempre aquilo que querem ser, se souberem  alcançar apenas o que lhes foi predestinado ("Só nós somos sempre / Iguais a nós-próprios." - vv. 9-10; quarta estrofe).

3. Todo o poema exprime uma atitude de apatia como ideal ético, mas os versos "Vê de longe a vida / Nunca a interrogues." ou "Grande e nobre é sempre / Viver simplesmente." demonstram a aceitação calma de tudo o que o destino nos reserva, sem questionar e sem nos apegarmos à vida.

4. A ataraxia é necessária para vivermos com satisfação, porque a calma, a tranquilidade e a felicidade são essenciais para a nossa vida. No entanto, são também inatingíveis, porque a realidade "´Sempre é mais ou menos / Do que nós queremos" (vv. 7-8), dado que a concretização nem sempre corresponde às intenções ou às expectativas. O destino, de facto, comanda a vida e as explicações para os acontecimentos estão mesmo "para além dos deuses" (v. 20).



TEXTO B

1. C

2. B

3. B

4. B



GRUPO II

1. Complemento directo

2.
   a) Oração subordinada adjectiva relativa (com antecedente) restritiva.

   b) Oração subordinada adverbial temporal.

3.
   V
   F
   V
   V
   V
   V

4.1. Ordem correcta: d - a - b - c

4.2. b

4.3. d

1 comentário :

  1. so e pena os testes nao estarem ao pe das correcoes =(
    assim fico perdida..

    Bom blog! =)

    http://bypinkhighheels.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...