quinta-feira, 13 de junho de 2013

Valor das orações adjetivas relativas

Expressões nominais

Valor das orações subordinadas adjetivas relativas

1. Observe as frases apresentadas.
a) Gente Feliz com Lágrimas é um livro que comove.
b) O Brasil, que é o maior país lusófono, tem milhões de pobres.

1.1. Assinale com uma cruz (X) as afirmações que se referem às orações destacadas nas frases a) e b).

            A oração subordinada destacada
a)
b)
. acrescenta uma informação adicional sobre um termo antecedente.


. pode ser retirada sem comprometer o sentido da oração subordinante.


. separa-se por vírgula da subordinante.


. restringe / delimita um termo antecedente.


. não pode ser retirada, pois a sua omissão prejudicaria o sentido da oração subordinante.


. liga-se diretamente ao antecedente, sem vírgula.


. é uma oração subordinada adjetiva relativa restritiva.


. é uma oração subordinada adjetiva relativa explicativa.



1.2. Indique o antecedente das orações sublinhadas.

2. As orações relativas restritivas equivalem a adjetivos com valor restritivo.

2.1. Substitua as orações destacadas pelos adjetivos correspondentes.
a) O aluno que trabalha alcança mais facilmente o sucesso.
b) A Filipa não gosta de homens que têm muitos pelos.
c) Os professores que têm charme cativam as alunas.
d) O Benfica contratou um jogador que tem pouca experiência.
e) O Minipreço é uma empresa que dá muito lucro.

3. Insira uma oração subordinada relativa explicativa em cada uma das frases apresentadas.
a) Artur deu dois frangos.
b) Dilma Rousseff está em Portugal.
c) A SIC transmitiu o concerto dos A-ha.
d) O meu pai foi um grande homem.
e) A escola primária está a ser remodelada.

4. Insira uma oração subordinada adjetiva relativa restritiva em cada uma das frases dadas.
a) O último livro teve enorme sucesso.
b) O homem já foi recapturado.
c) A Europa está em decadência.

5. Explique a diferença de sentido existente entre cada par de frases.
a) A minha prima que vive em Londres chama-se Joaquina.
b) A minha prima, que vive em Londres, chama-se Joaquina.
c) A fábrica da PSA Peugeot Citroën em Mangualde produz dois modelos que são exclusivos da empresa.
d) A fábrica da PSA Peugeot Citroën em Mangualde produz dois modelos, que são exclusivos da empresa.
e) Os professores que se dedicam aos seus alunos devem ser valorizados.
f) Os professores, que se dedicam aos seus alunos, devem ser valorizados.

6. Atente nas frases seguintes.
a) A mulher que te descrevi é avó da minha prima.
b) A mulher de que te falei é avó da minha prima.
c) A minha avó que foi atropelada por um camião chama-se Maria do Carmo.
d) A casca de banana na qual escorreguei deveria estar no lixo.
e) A mulher com quem casei é muito dedicada à família.

6.1. Sublinhe os pronomes relativos que introduzem as orações subordinadas relativas sublinhadas.

6.2. Destaque as preposições que antecedem esses pronomes relativos.

6.3. Assinale as orações subordinadas relativas presentes em cada frase.

7. Pontue, quando necessário, os enunciados seguintes.
a) O Presidente Reagan que sofreu um atentado nos anos 80 teve uma vida longa.
b) Portugal que é um país secular está à venda.
c) O primeiro-ministro que temos tem objetivos muito claros.
d) Algumas empresas que o governo quer privatizar são essenciais à vida de todos nós.
e) Saramago que se casou com uma jornalista espanhola foi maltratado pelo governo de Cavaco Silva.

8. Assinale com uma cruz (X) as orações subordinadas adjetivas relativas restritivas e explicativas.

Frases
Orações adjetivas relativas
restritivas
explicativas
1. Marie, que era francesa, foi um doce surpresa.


2. O aluno que partiu a sanita dos balneários terá de a pagar.


3. As flores que te ofereci são uma metáfora do meu amor.


4. Vi a peça que desejava.


5. O professor de Português, que é careca, fez um discurso emocionante.


6. Os livros que comprei são policiais.


7. A tecnologia, que tu dominas, é essencial ao ser humano.


8. A minha tia que faleceu era viúva.


9. O homem, que estava caído no chão, sofrera um AVC.


10. O polícia a quem contei o caso riu-se na minha cara.


11. A Lucília, que é enfermeira, foi aluna nesta escola.


12. As pessoas cuja pele é muito clara correm mais riscos na praia.


13. O livro do João, que estava em cima da mesa, desapareceu.


14. Eu, que elaboro estes exercícios, estou cansado, por isso vou parar.


15. Os alunos que chegarem após o toque terão falta.






Correção


1.1.

            A oração subordinada destacada
a)
b)
. acrescenta uma informação adicional sobre um termo antecedente.

X
. pode ser retirada sem comprometer o sentido da oração subordinante.

X
. separa-se por vírgula da subordinante.

X
. restringe / delimita um termo antecedente.
X

. não pode ser retirada, pois a sua omissão prejudicaria o sentido da oração subordinante.
X

. liga-se diretamente ao antecedente, sem vírgula.
X

. é uma oração subordinada adjetiva relativa restritiva.
X

. é uma oração subordinada adjetiva relativa explicativa.

X

1.2. a) «um livro»
b) «O Brasil»

2.1.
a) O aluno trabalhador alcança mais facilmente o sucesso.
b) A Filipa não gosta de homens peludos.
c) Os professores charmosos cativam os alunos.
d) O Benfica contratou um jogador inexperiente.
e) O Minipreço é uma empresa lucrativa.

3.
a) Artur, que até é um bom guarda-redes, deu dois frangos.
b) Dilma Rousseff, que é presidente do Brasil, está em Portugal.
c) A SIC, que comemora 20 anos, transmitiu o concerto dos A-ha.
d) O meu pai, de quem tenho muita saudade, foi um grande homem.
e) A escola primária, onde estudei durante quatro anos, está a ser remodelada.

4.
a) O último livro que José Saramago escreveu teve enorme sucesso.
b) O homem que fugiu da prisão já foi recapturado.
c) A Europa que conhecemos está em decadência.

5. Na frase a), alude-se a uma determinada prima – a que vive em Londres – e não outra qualquer. Na frase b), há referência à prima do locutor, sobre a qual se acrescenta uma informação adicional respeitante ao local onde vive – Londres.
            Na frase c), diz-se que a empresa produz diversos modelos, sendo dois seus exclusivos. Na frase d), afirma-se que a empresa produz apenas dois modelos, ambos exclusivos seus.
            Na frase e), declara-se que apenas alguns professores devem ser valorizados – os dedicados aos alunos. Na frase f), afirma-se que todos os professores devem ser valorizados, até porque comungam de um traço – dedicam-se aos alunos.

6.1.
a) b) e c): «que»
d) «qual»
e) «quem»

6.2.
b) «de»
d) «na»
e) «com»

6.3.
a) «que te descrevi»
b) «de que te falei»
c) «que foi atropelada por um camião»
d) «na qual escorreguei»
e) «com quem casei»

7.
a) O Presidente Reagan, que sofreu um atentado nos anos 80, teve uma vida longa.
b) Portugal, que é um país secular, está à venda.
e) Saramago, que se casou com uma jornalista espanhola, foi maltratado pelo governo de Cavaco Silva.

8.

Frases
Orações adjetivas relativas
restritivas
explicativas
1. Marie, que era francesa, foi um doce surpresa.

X
2. O aluno que partiu a sanita dos balneários terá de a pagar.
X

3. As flores que te ofereci são uma metáfora do meu amor.
X

4. Vi a peça que desejava.
X

5. O professor de Português, que é careca, fez um discurso emocionante.

X
6. Os livros que comprei são policiais.
X

7. A tecnologia, que tu dominas, é essencial ao ser humano.

X
8. A minha tia que faleceu era viúva.
X

9. O homem, que estava caído no chão, sofrera um AVC.

X
10. O polícia a quem contei o caso riu-se na minha cara.
X

11. A Lucília, que é enfermeira, foi aluna nesta escola.

X
12. As pessoas cuja pele é muito clara correm mais riscos na praia.
X

13. O livro do João, que estava em cima da mesa, desapareceu.

X
14. Eu, que elaboro estes exercícios, estou cansado, por isso vou parar.

X
15. Os alunos que chegarem após o toque terão falta.
X


Sem comentários :

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...